01 outubro 2008

1 de Outubro- Dia Mundial da Música

Deixo entrar pela casa
a grande música !
Bach, Orff, Vivaldi,
Beethoven e Rodrigo...
Dvorak ou Falla...
E Tchaikowsky !
E Grieg !...
Entram em catadupas,
Em cascatas,
e despenham-se
e enrolam-se em espirais
como tornados.
E envolvem
e revolvem,
como um alagamento
ou uma convulsão...


Quando subitamente
se desdobram e espraiam,
e toda a cachoeira se desfaz,
são, borbulhando em espuma,
um mar manso e aberto,
um remanso de rias
ou represas,
ou lagos... ...

E o que fica no ar
é parecido com a paz
dos prazeres
saciados ! ! ! ...

Do meu livro Sinestesias

2 comentários:

Anónimo disse...

Liiiindo!!!!
Cheguei por um momento a ouvir a música do seu poema...

Um beijo Vera

jj disse...

Que bonito! :))))))
As palavras também são música, no ritmo e na cadência com que no las dá.

Jinhos.