30 junho 2009

Saint Exupéry

Foi por e para recordar Saint Exupéry que hoje vim marcar mais um dia do meu calendário pessoal...Nasceu, como se dizia antigamente, bem nascido, num vinte e nove de Junho do ano em que nascera o meu Pai, em Maio. Mas morreu matado por bombas alemãs, na segunda Guerra Mundial, ao fazer um voo de reconhecimento sobre o Mediterrâneo, que nunca devolveu o seu corpo. Do Petit Prince todos sabem imensas coisas e pensam assim conhecê-lo. Da sua forma de estar na vida e de como a amou, creio que preferem não saber.É que , como ele disse, aqueles que se aproximam de nós sempre nos deixam alguma coisa de si próprios, mas levam consigo uma boa parte de nós mesmos...

2 comentários:

jj disse...

"... aqueles que se aproximam de nós sempre nos deixam alguma coisa de si próprios, mas levam consigo uma boa parte de nós mesmos..."

Tão verdade!

(E uma 'boa' parte quer sempre dizer uma 'grande', porventura demasiado (grande), parte.

Jinhos.

P.S.
Ainda bem que regressou aos posts, já tinha saudades de me por a pensar nestas coisas...

Anónimo disse...

Tão verdade...
mesmo inconscientemente quem por nos passa leva um pouco de nós e deixa tanto de si...

Verdade, também é que o essencial é invisível aos olhos...

um beijo
Vera