31 janeiro 2010

AMOR

O Amor é paciente
O Amor é amável, não é invejoso.
O Amor não é vaidoso, nem soberbo, nem inconveniente.
Não é interesseiro, nem irritável, nem rancoroso.
Não se alegra com a injustiça, mas sim com o triunfo da verdade.
Tudo desculpa.
Tudo acredita.
Tudo espera.
Tudo suporta.
O Amor nunca desaparece.
São Paulo
Se eu tudo fizer sem AMOR, não serei mais do que um bronze que ressoa ou um metal que tange.

4 comentários:

jj disse...

Também ouvi esta manhã. :)))

Lembrou-me Taizé: Ubi caritas et amor, ubi caritas Deus ibi est.



Jinhos.

samnio disse...

é o amor. bonito poema.
parabéns.

gostei do seu blog. convido-a a visitar o meu.

http://palavrassemjeito.blogspot.coom

非凡 disse...

I'm appreciate your writing skill.Please keep on working hard.^^

Uilse disse...

Maria de Lourdes!
Fiquei encantada com seu blog!
Parabéns!

http://vida-blogdavov.blogspot.com