22 setembro 2008

22 de Setembro - outono

.......o sol,vindo, desdobra
as sombras e já pinta de amarelo
as folhas junto à sebe.
................................................................
hoje ficou mais frio, acendo o lume,
ao fim da tarde, escura, a biblioteca,
aqui o meu rebanho
se algumas reses tenho,
tem fechada a janela,cheira a estrume
e a adubos orgânicos lá fora.
nas lombadas andei por ceca e meca
em devaneio e à hora
de trabalhar um pouco, me adormeço.
só depois é que escrevo
e assim é que me atrevo
a lembrar inventando quanto esqueço,
e do que mal recordo pago preço.

de aves que migram vejo inda os vaivéns.
passam rasantes junto do telheiro
e escuto o seu gorgeio
que me traz pelo meio
alguma agitação : ladram os cães...

Excertos de uma canção de outono de VASCO GRAÇA MOURA
Fotografias feitas por mim na Quinta das Torres em Azeitão

3 comentários:

jj disse...

Que maravilha!!! Então, era a isto do VGM que se referia... :))))))))))


O meu Outono está a começar da maneira mais típica possível: com um resfriado... :(


Jinhos.

Anónimo disse...

O sol pinta de amarelo...

O chão recebe manchas de tinta amarelas e encarnadas da folhas que despem os ramos...

O dia pinta-se de azul escuro, perto do preto quando a noite adormece bem cedo...

E é assim com cores bem quentinhas que o Outono vai aparecendo... com uma bela paleta de colorida...

Um beijo Vera

Anónimo disse...

Belíssimas imagens! Soube ver, soube registar, soube mostrar. Bom para todos nós que temos o privilégio de a visitar.
Zilda Cardoso