14 dezembro 2008

Gaudete! nos cem anos da minha professora...

Sem anos com S, sim,
ó minha amiga !...
Está pensando que esqueci
que me ensinou muito mais
que o lugar da letra S
naquela palavra, ali ?

Pois saiba que o C no Cem
me enche de orgulho também...

Só que o S vem aqui
pra dizer que a vejo agora
como há tanto tempo a vi,
minha querida Professora !

Fresca, bonita e tão jovem
que até nem nos fica bem
falar dos anos que tem...

Por isso é que decidi
passar a escrever com S
o CEM que a gente não esquece,
o SEM retrato de SI ! ! ! ...


Ontem, dia 13 de Dezembro, foi o dia de anos da minha professora dos primeiros anos do ensino secundário, a doutora Maria Luciana. E fez CEM ANOS !
Quando a conheci era tão bonita, tão alegre,tão dinâmica, tão elegante, chic em todas as formas de ser, de se apresentar, que gradualmente se foi transformando para todas as alunas no modelo que todas nós sonhámos vir um dia a copiar... Ela tinha uma pequena sociedade com mais dois ou três ex-colegas do seu curso e outros tantos amigos de outros cursos com a qual puderam criar um Colégio em Lisboa e, na Linha de Cascais, ela criou sozinha uma extensão deste Colégio, que eu frequentei com outras meninas e meninos, durante três anos e não mais porque as obrigações de carreira do meu Pai me levaram para outra terra. A doutora Maria Luciana leccionava todas as disciplinas com um fulgor, um entusiasmo, e um tal "savoir faire" que o que com ela aprendemos nunca viemos a esquecer e onde chegávamos sempre nos consideravam muito bem preparados. Nasceu com Ela e entre nós alunos uma cadeia de amizade que nunca "enferrujou. As nossas vidas seguiram os seus rumos e Ela sempre professora. Cada um de nós a fomos sempre contactando, a espaços, e ´dando notícias suas uns aos outros, quando a víamos ou estávamos com Ela. Festejámos-lhe os noventa anos num grande almoço...
E agora chegaram os 100 ! Ela sempre activa, movimentando-se, documentando-se, a recordar-se, a recordar-nos, sempre elegante, bonita na sua idade.
Nunca deixou de acompanhar o que fui fazendo: veio às apresentações de coisas minhas, comentou, estimulou, como sempre o fizera, ainda eu era menina...
É este o porquê do poeminha que lhe ofereci agora.

E já agora, foi o grande tema do meu domingo de hoje.
No período do ADVENTO, este terceiro domingo é aquele que dá pelo nome de Domingo GAUDETE. Por causa da ALEGRIA que principalmente João,no deserto, nos promete para quase já,já...
E não é parte dessa alegria tão nova o festejar-se os Cem Anos de uma pessoa tão especial ?...

3 comentários:

jj disse...

Gaudeamus! Um modelo, sem dúvida!!!

(Gostava de ser assim recordada pelos meus alunos...)

Jinhos.

Anónimo disse...

O silêncio faz parte da natureza divina. Toda a criação participa do silêncio de Deus – em silêncio se nasce, em silêncio se cresce, em silêncio se morre .Que o silêncio do solstício ou o do presépio nos ajude a ir ao fundo de nós para que possamos viver com mais humanidade e ter a simplicidade de coração que nos leve a compreender que apenas os nossos limites dizem a grandeza do que temos.
Os votos de umas Festas Felizes e um agradecimento do coração por este espaço de partilha!
Maria Helena

Camões XXI disse...

Olá querida Maria de Lurdes!

Admiro-a bastante e digo-lhe que essa professora é uma sortuda! Tem aquilo que a maioria dos professores adorariam ter. A atenção dos alunos de sempre.

Um grande beijinho e bem-haja, a Maria de Lurdes e outras pessoas como a Senhora, por serem assim e darem mérito a quem realmente o merece independentemente do tempo, independentemente da idade, dependendo, única e exclusivamente, daquilo que são e que fazem!

Tudo de bom e Festas Felizes.